O Pelourinho

Nenhum outro lugar reflete tão bem a alma da Bahia quanto o Pelourinho. Considerado Patrimônio da Humanidade pela Unesco, localizado na Cidade Alta, tem mais de 800 casarões dos séculos 17 e 18.

07 de Dezembro de 2016 (07/12/2016)

Nenhum outro lugar reflete tão bem a alma da Bahia quanto o Pelourinho. Considerado Patrimônio da Humanidade pela Unesco, localizado na  Cidade Alta, tem mais de 800 casarões dos séculos 17 e 18. Vielas, ladeiras e largos concentram igrejas, museus, restaurantes, lojas e um vaivém de gente de Salvador, do Brasil e do mundo.

O bairro histórico merece uma  visita, em especial às terças-feiras. Nestes dias, além de bater perna sem pressa, em busca da  vasta história, das riquezas arquitetônicas e do artesanato, os visitantes podem assistir uma missa ao som de batuque na igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, às 18h. O agito continua com  shows na Escadaria do Passo com o cantor de  axé Gerônimo (Gratuito) e no Terreiro de Jesus.  No verão, tem ainda apresentações do  grupo Olodum, além de diversos  ensaios de verão nas praças Pedro Arcanjo e Thereza Batista. Vale a pena  conferir!